Fábrica de ração vai indenizar auxiliares presos em vestiário para não deixar local de trabalho

Uma fábrica de ração, de Tangará da Serra (MT), foi condenada a indenizar dois auxiliares de produção que foram trancados dentro do vestiário para não deixar o local de trabalho. A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho determinou que a empresa pague a cada um R$ 10 mil de indenização por danos morais, por ofensa ao princípio fundamental da dignidade humana em restringir a liberdade de locomoção dos empregados.

Leia mais.

Fábrica de ração vai indenizar auxiliares presos em vestiário para não deixar local de trabalho
Tagged on:         

Deixe uma resposta